Amazonas terá primeira embarcação de fiscalização e pesquisa cientifica da América Latina

Presidentes do Inmetro e Ipem-AM foram ao estaleiro, nesta quarta-feira (06/12), acompanhar as obras.


O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e o Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem-AM) irão inaugurar, até maio de 2018, a primeira Unidade Fluvial de Fiscalização de Pesquisa Científica da América Latina. Além dos serviços metrológicos e de avaliação da conformidade, a embarcação contará com laboratórios para análise da qualidade da água dos rios e para verificação da autenticidade de espécies animais e vegetais. O investimento do governo federal para a construção é de aproximadamente R$ 3 milhões.

Nesta quarta-feira (06/12), os presidentes do Inmetro, Carlos Augusto de Azevedo, e do Ipem-AM, Marcio Andre Brito, foram ao estaleiro JR Serviços Navais, na Vila do Puraquequara, em Manaus, acompanhar as obras. As pesquisas que serão desenvolvidas na unidade fluvial abrirão caminho para o desenvolvimento do Selo Amazônico, uma certificação para produtos originários da região, como peixe, açaí ou castanha.

Para Azevedo, a iniciativa vai ajudar na qualificação dos produtos da Amazônia, facilitando a inserção nos mercados nacional e internacional. “A embarcação terá três funções: a verificação metrológica e da qualidade, as pesquisas e a certificação de produtos”, sintetizou.

A embarcação comportará cerca de dez pessoas, entre metrologistas e pesquisadores, além da tripulação. A ideia, de acordo com o presidente do Inmetro, é estabelecer convênios com Institutos de Pesquisas de outros países, para que cientistas internacionais também possam participar das missões, o que contribuirá, inclusive, para a manutenção da unidade.


O presidente do Ipem-AM ressaltou que se trata de uma iniciativa de vanguarda, que irá contribuir para o desenvolvimento do Estado. “Além de nossa missão de exercer as atividades delegadas do Inmetro, a partir de hoje o Ipem está dando um passo para ser um órgão de pesquisa e de desenvolvimento. Vamos levar os laboratórios para a ‘porta’ dos municípios”, falou Marcio André.

Além da infraestrutura que será montada na própria embarcação e no Ipem-AM, os pesquisadores poderão contar com o apoio de profissionais da Diretoria de Metrologia Aplicada às Ciências da Vida (Dimav) do Inmetro, para realização de algumas análises. A Diretoria tem ampla atuação na cerificação de autenticidade de espécies a partir da análise de DNA e seus pesquisadores estão auxiliando no projeto dos laboratórios da Unidade Fluvial de Fiscalização.

Referência
Em junho deste ano, foi inaugurada, no Amazonas, a primeira Unidade Básica Fluvial de Fiscalização (UBFF). A embarcação permitiu ao Ipem-AM exercer as atividades de controle metrológico e de avaliação da conformidade em todos os municípios do Estado com mais agilidade e economia, protegendo os consumidores e garantindo o comércio justo.
A unidade é referência por ser a única a oferecer os serviços metrológicos por meio fluvial no País.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *