Aprendendo na prática: Ipem-AM recebe alunos de Escola pública para visita técnica

O Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem-AM) recebeu, nos dias 10 e 11 de outubro, alunos do 3º ano do Ensino médio da Escola Estadual Senador João Bosco para uma visita técnica ao órgão. Na ocasião, os alunos foram recebidos pelo chefe do Laboratório de Pré-medidos, Ivanildo Barros, que explicou como funcionam as fiscalizações do Instituto, falou da importância de ser um consumidor consciente e mostrou exemplos de situações em que é necessário ficar atento para não ser lesado.

Para Ivanildo, atividades como essa, despertam o senso crítico dos jovens em relação aos seus direitos. “Trabalhamos com esses jovens os conceitos da metrologia e suas aplicações, bem como sua utilização como ferramenta para deixar a relação comercial transparente e justa, para que os jovens tenham senso crítico mais apurado em relação aos seus direitos como consumidores. Somos responsáveis pela difusão da cultura metrológica”, ressaltou.

Além disso, os estudantes visitaram os laboratórios e acompanharam uma simulação de análise dos produtos de pré-medidos, aqueles embalados na ausência do consumidor. “Enriquece o nosso conhecimento e alerta na questão dos nossos direitos de como identificar irregularidades em um produto”, comentou o aluno Ícaro Lima.

Agregando conhecimento – O articulador de projetos da Escola Estadual Senador João Bosco, Rosinaldo Santiago, falou da importância das aulas práticas. “Agrega muito conhecimento a eles, pois é uma forma diferente de eles receberem o conteúdo. A atividade traz pro aluno maior conhecimento. Ele sai da sala de aula e tem uma visão diferente, não só na teoria, mas na prática”, disse Rosinaldo.

Consumidores conscientes – O Ipem-AM está sempre pronto para esclarecer as dúvidas do consumidor. O diretor-presidente do órgão, o engenheiro Márcio André Brito, se sente honrado em poder contribuir para a formação desses cidadãos. “É uma honra receber esses jovens, pois, certamente, a partir de agora, eles serão consumidores conscientes e multiplicadores do trabalho que o instituto realiza diariamente no Estado”, finalizou Brito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *