Inmetro inaugura primeira Unidade Básica Fluvial de Fiscalização e Pesquisa da América Latina

A embarcação será referência por ser a primeira a desenvolver pesquisa científica por meio fluvial

O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic), Marcos Jorge de Lima, e o presidente do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), Carlos Augusto de Azevedo, desembarcam em Manaus nesta sexta-feira (22), para participar da solenidade de inauguração da primeira Unidade Básica Fluvial de Fiscalização e Pesquisa (UBFFP) da América Latina.

O evento ocorrerá nas dependências do Juruá Estaleiros e Navegação, localizado na estrada do Brito, Km 1, no distrito de Cacau-Pirêra, em Iranduba, que tem sede a 27 quilômetros de Manaus, em linha reta.

A embarcação foi construída com recursos federais (R$ 3 milhões) e, além das fiscalizações típicas dos órgãos delegados do Inmetro, no âmbito da metrologia legal e da avaliação da conformidade, será utilizada para desenvolvimento de pesquisa científica básica e aplicada, por meio fluvial.

A embarcação é equipada com laboratórios de preparo de amostras, pré-PCR e pós-PCR (amplificação e análise de DNA e RNA), com capacidade para 250 ensaios por mês, com equipamentos de alta tecnologia. Podem ser feitas, por exemplo, verificações de autenticidade de produtos regionais, detecção de contaminação em alimentos e bebidas, levantamentos de microbiota, de flora, faunísticos, epidemiologia e investigações clínicas.

Segundo o chefe do Inmetro-AM, Eng° Márcio André Brito, a UBFFP vai propiciar a manutenção e qualidade das amostras coletadas “in loco” em diferentes regiões do estado, produzindo resultados fidedignos. “Os benefícios da engenharia genética, que serão utilizados, darão um salto à pesquisa e desenvolvimento no Amazonas”, afirmou Brito.