Parceria entre Ipem-AM e Procon-AM, Espaço do Consumidor é inaugurado na zona centro-sul de Manaus

  1.  
  2.  
  3.  
  4.  
  5.  
  6.  

Local está funcionando na unidade do Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC) do Parque 10, com atendimentos dos dois órgãos

Foi inaugurado, nesta sexta-feira (31/07), o ‘Espaço do Consumidor’ no Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC), no Parque 10, zona centro-sul de Manaus. A ideia do espaço é disponibilizar, em um só lugar, ao público em geral serviços oferecidos pelo Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM) e pelo Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem-AM), além de canais de denúncia em benefício dos consumidores.

Os atendimentos serão oferecidos de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, no PAC, que funciona no shopping Parque 10 Mall e é coordenado pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) juntamente com outros nove PACs espalhados por diferentes zonas da capital.

Por meio da inauguração do ‘Espaço do Consumidor’, pretende-se aumentar a descentralização, na capital, dos serviços oferecidos pelos órgãos de maneira a facilitar o acesso dos consumidores a seus direitos e alcançar maior cobertura da população atendida.

“O Procon-AM oferecerá praticamente todos os seus serviços nessa unidade, apenas não oferecerá o serviço de conciliação, que nós fazemos dentro da sede do Procon, mas registros de reclamação e denúncias poderão ser feitos, o que é muito bom para o consumidor porque ele vai ter uma segunda opção, um segundo local”, afirmou o diretor-presidente do Procon-AM, Jalil Fraxe.

Já o Ipem-AM prestará orientações aos consumidores sobre a medição de hidrômetros e medidores de energia elétrica, bem como, atenderá reclamações e denúncias, principalmente, relacionadas a produtos abaixo do peso, sem a certificação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), e combustível.

“Existem muitas reclamações em relação ao valor das contas de medidor de energia, de hidrômetro, e a partir de agora, o consumidor vai vir aqui, no espaço, fazer a denúncia e o Ipem vai realizar a perícia desses equipamentos e emitir o laudo oficial. A partir do momento que o Ipem realiza a perícia e identifica que há uma fraude no medidor, automaticamente o consumidor tem que ser ressarcido pela concessionária e caso haja dificuldade, o Procon já está no mesmo ambiente para solucionar e resguardar os seus direitos”, explicou o diretor-presidente do Ipem-AM, Marcos André Brito.

Fotos: Roberto Carlos/Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *