Ipem Amazonas

Notícias

Em Manaus, 323 máquinas de lavar e refrigeradores são verificados em operação do Ipem-AM

Em Manaus, 323 máquinas de lavar e refrigeradores
Em operação no comércio de Manaus, fiscais do Ipem-AM verificaram se os refrigeradores e as máquinas de lavar em exposição possuem a ENCE de eficiência energética, obrigatória pelo regulamento em vigência / Fotos: Glauber/Ipem-AM
Em operação no comércio de Manaus, fiscais do Ipem-AM verificaram se os refrigeradores e as máquinas de lavar em exposição possuem a ENCE de eficiência energética, obrigatória pelo regulamento em vigência / Fotos: Glauber/Ipem-AM
27 estabelecimentos comerciais da capital receberam a visita dos fiscais

Nesta sexta etapa do Plano Nacional de Vigilância de Mercado (PNVM), os alvos da ação das equipes de fiscalização do Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem-AM) foram as máquinas de lavar roupas e refrigeradores de uso doméstico. Em Manaus, 323 destes eletrodomésticos foram verificados no período de 15 a 18 de maio. Não houve constatação de irregularidades em nenhum dos 27 estabelecimentos comerciais visitados na capital amazonense.

Coordenada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), a ação é realizada simultaneamente em todo país, com o objetivo de coibir a comercialização irregular de produtos no mercado formal. O programa tem duração de 90 dias, onde em cada semana um produto é alvo de fiscalização. Desde o início do PNVM até agora, já foram verificadas balanças, kit de GNV, capacetes, postos de combustíveis e componentes cerâmicos).

Tanto as máquinas de lavar quanto os refrigeradores de uso doméstico não precisam ser certificados, no entanto os fiscais do Ipem-AM verificam o cumprimento obrigatório da existência, de forma clara e explícita, da Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (ENCE) de eficiência energética, a qual deve possuir o número de registro no Inmetro.

O diretor-presidente do Ipem-AM, Renato Marinho, destacou a necessidade da presença da ENCE nos eletrodomésticos, não apenas pela questão da eficiência energética, mas, principalmente, pela segurança.

“A ENCE é importante para que o consumidor possa checar a indicação de eficiência energética do eletrodoméstico, além de conter o selo do Inmetro, que atesta a segurança do produto”, ressaltou.

Renato Marinho reforça que as operações têm caráter orientativo, mas que, caso sejam encontradas possíveis irregularidades, os estabelecimentos serão orientados a corrigir os procedimentos. Em caso de reincidência, estarão sujeitos às penalidades previstas em lei, com multas que variam de R$ 100 e R$ 1,5 milhão.

Confira as dicas na hora de adquirir máquina de lavar e refrigerador de uso doméstico:

– O produto em exposição deve possuir, de forma clara e explícita, a Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (ENCE) de eficiência energética;

– Consumidor deve ficar atento ao desempenho energético dos equipamentos. Isso é importante para que, no final do mês, a conta de energia não se torne a vilã do orçamento mensal da família;

– Informações que devem conter na etiqueta:

– Fornecedor;

– Marca/Modelo;

– Informação do número do registro junto ao Inmetro;

– Capacidade (em litro para refrigerador e em quilo para máquina de lavar roupas)

Ouvidoria do Ipem-AM

Consumidores que desconfiarem de possíveis irregularidades devem entrar em contato com a Ouvidoria do IPEM-AM, no telefone 0800 092, segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, ou pelo site: https://ipem.am.gov.br/ouvidoria/, e das redes sociais do órgão: Instagram – @ipem.amoficial; Facebook – Ipem Amazonas e Twitter – @ipemamoficial.

Transparência

Links Úteis

Aviso Ouvidoria