Ipem Amazonas

Destaques

‘Gabinete Cidadão’: Ipem-AM participa de ação à cidadania

'Gabinete Cidadão’: Ipem-AM
Fotos: Alexandre Vieira/Ipem-AM
'Gabinete Cidadão’: Ipem-AM
Fotos: Alexandre Vieira/Ipem-AM
O Instituto realizou atendimentos ao cidadão para verificar a medição dos aparelhos de pressão arterial (esfigmomanômetros)

Na manhã deste sábado (1º/04), o Instituto de Pesos e Medidas (Ipem-AM), participou de ação à cidadania a convite do vereador João Carlos, da Câmara Municipal de Manaus (CMM), autor da lei n° 3.002/23, que dispõe sobre a verificação periódica de aparelhos esfigmomanômetros (aparelho de pressão arterial), utilizados nos sistemas de saúde do município de Manaus.

A ação ocorreu na Escola Municipal Dr. Paulo Pinto Nery, no bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus, e contou com o apoio do Governo do Amazonas e da Prefeitura Municipal de Manaus (PMM).

Segundo o vereador João Carlos, a ação teve por objetivo levar várias ações à população da zona leste de Manaus, além de verificar se os aparelhos medidores de pressão arterial, que a pessoa tem em sua casa, estão aferindo corretamente.

O parlamentar explicou que devido ao desgaste e contínuo uso, pode fazer com que o aparelho passe informação errônea à população. “Essa inspeção tem como finalidade garantir a confiabilidade das medições, e, como consequência, resguardar a saúde do cidadão”, explicou o vereador.

Durante a ação, o Instituto realizou a verificação em 10 esfigmomanômetros, sendo dois reprovados no erro de medição. A fisioterapeuta Edilene Barbosa aprovou a ação e disse que esse projeto precisa ser divulgado.

“Eu não conhecia essa parte de medição dos aparelhos. Tanto é que eu trouxe cinco, e um só está com problema, mas que pode ser resolvido. Gostei muito e vou divulgar essa ação nas minhas redes sociais porque um projeto desse precisa ser levado para fora”, disse a fisioterapeuta.

De acordo com o diretor-presidente do Ipem-AM, Renato Marinho, essa ação faz parte do escopo de trabalho do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e a lei veio para garantir a exigência dessa ação nas unidades de saúde.

“Essa ação já existe no escopo do Inmetro, dos aparelhos de saúde, onde se faz a conferência para que não ocorra nenhum tipo de deslize. Imagina você dentro de casa fazendo esse tipo de aferição e o aparelho estando desregulado, informou Renato Marinho.

“A lei veio para confirmar para que as unidades de saúde, tanto pública como privada, possam fazer essa verificação de uma forma eficaz. E quem ganha com isso é a população que vai ter uma questão de saúde mais eficaz”, ressaltou.

O Ipem-AM orienta a população que ao fazer a compra do aparelho de pressão arterial observe a existência do selo do Inmetro. Esse instrumento deve ser verificado periodicamente pelo Ipem-AM e passar por manutenção pelo menos uma vez ao ano.

A população também precisa ficar atenta durante os atendimentos realizados em uma unidade de saúde, seja pública ou privada, o mesmo deve verificar se o aparelho de pressão arterial possui o selo do Inmetro, e a marca de verificação vigente com a frase “verificado até 2024”. É a garantia que esse instrumento foi verificado pelo Ipem-AM e passou por todos os ensaios de qualidade e segurança, garantindo a confiabilidade nas medições dos aparelhos, evitando assim possíveis diagnósticos errados.

Aparelhos verificados

De janeiro a março deste ano, o órgão verificou 143 aparelhos de pressão arterial, sendo um instrumento reprovado na medição. Já em 2022, foram fiscalizados 491, destes dois foram reprovados.

Os instrumentos reprovados são encaminhados às oficinas credenciadas pelo Ipem-AM. E após o reparo são submetidos a uma nova verificação realizada pelo órgão fiscalizador.

Informações

Em casos de dúvidas e suspeita de possíveis erros na medição do seu aparelho medidor de pressão arterial, entre em contato com a Ouvidoria do Ipem-AM no telefone 0800 092 2020, de segunda a sexta-feira das 8h às 14h, ou se preferir entre em contato por meio das redes sociais do órgão.

A sede do Ipem-AM está localizada na avenida Governador Danilo Areosa, s/n°, Distrito Industrial I.

Transparência

Links Úteis

Aviso Ouvidoria