Ipem Amazonas

Destaques

Ipem-AM fiscaliza cronotacógrafos na rodovia BR-174

Ipem-AM fiscaliza cronotacógrafos
Ipem-AM fiscaliza cronotacógrafos
Fotos: Alexandre Vieira/Ipem-AM
Foram verificados se os veículos de carga pesada e de passageiros possuíam os instrumentos com certificação do Inmetro

Na manhã desta terça-feira (23/05), o Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Amazonas (AM), com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF-AM), realizou uma fiscalização de cronotacógrafos (equipamento que coíbe os excessos de motoristas, principalmente de velocidade e distância percorrida), no km 8 da BR-174, que liga Manaus-Boa Vista. A ação também ocorreu, simultaneamente, nas rodovias AM-010, AM-070, BR-319 e nas garagens de transportadoras. Do total de 73 equipamentos verificados, oito foram reprovados.

A operação faz parte do Plano Nacional de Vigilância de Mercado (PNVM) coordenado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) em todo país, com duração de 90 dias.

Durante a ação, os fiscais do Ipem-AM verificaram se os veículos de carga pesada (peso bruto superior a 4.536 kg) e de passageiros com mais de dez lugares possuíam cronotacógrafos e se seguiam a análise periódica pelo Inmetro, para garantir a confiabilidade das medições, com certificação dentro do prazo.

Segundo o diretor-presidente do Ipem-AM, Renato Marinho, esse trabalho de verificação dos cronotacógrafos visa assegurar que as medições desses instrumentos sejam confiáveis, conforme os requisitos estabelecidos pelo Inmetro.

“A nossa responsabilidade é garantir a todos os envolvidos um transporte mais seguro, uma vez que o cronotacógrafo é um equipamento que coíbe os excessos de motoristas, principalmente de velocidade e distância percorrida”, explicou Renato Marinho, ao acrescentar que, além disso, o instrumento registra o tempo de condução e descanso do motorista.

Renato Marinho ressaltou, ainda, que, apesar de a operação ter caráter orientativo, foram constatadas irregularidades em oito cronotacógrafos, cujos certificados estavam vencidos. “Diante desse fato, orientamos o condutor a procurar, no prazo de cinco dias, o Posto Avaliação Cronotacógrafo (PAC) para regularizar o instrumento”, detalhou.

PNVM

O PNVM teve início em abril e a cada semana um produto é alvo de fiscalização. Nesta etapa, o foco são os cronotacógrafos, mas, anteriormente, já foram verificados, balanças, kit de GNV, capacetes, postos de combustíveis, componentes cerâmicos e máquinas de lavar roupas e refrigeradores.

Cronotacógrafos são instrumentos destinados a indicar e registrar, de forma simultânea, inalterável e instantânea, a velocidade e a distância percorrida pelo veículo, em função do tempo decorrido, assim como os parâmetros relacionados com o condutor do veículo, tais como: o tempo de trabalho; período de parada e de direção.

Balanço

Durante as operações do Ipem-AM, de 1º de janeiro a 22 de maio deste ano, foram fiscalizados 2.845, sendo 2.840 aprovados e cinco reprovados, com certificado vencido.

Em 2022, um total de 7.129 foi verificado em ações do Ipem-AM, dos quais 7.119 foram aprovados e dez reprovados por circularem com certificado vencido.

Ouvidoria

Consumidores que desconfiarem de possíveis irregularidades devem entrar em contato com a Ouvidoria do IPEM-AM, no telefone 0800 092 2020, segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, ou pelo site: https://ipem.am.gov.br/ouvidoria/, e das redes sociais do órgão: Instagram – @ipem.amoficial; Facebook – Ipem Amazonas e Twitter – @ipemamoficial.

Transparência

Links Úteis

Aviso Ouvidoria